segunda-feira, 25 de abril de 2011


 Não queria fazer mal a você. Não queria que você chorasse. Não queria cobrar absolutamente nada. Por que o Zen de repente escapa e se transforma em Sem? Sem que se consiga controlar.

***
Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário